Ela, Rafaela

Quieta e misteriosa.
Garota com a cabeça no céu
E os pés na terra.
Vive do perigo, gosta do silêncio.

Ninguém a conhece.
Se conhecem…
Ninguém diz
Ninguém fala
Ninguém age.

Vive nos meios dos livros.
Aventuras internas.
Borboletas até em seus próprios olhos!
Vê o maravilhoso até onde não tem.
Ingênua e ao mesmo tempo perigosa.

Onde anda, sempre tem ideias.
O que pensa, sempre registra.
Onde entra, sempre observa.
Olhares que a acompanham.
E passos dados que sempre

A silencia.

O começo

Futuro incerto
Inaceitável realidade
Distante ou perto
Sonhos de profunda tranquilidade

Ele começou
Com novos ares
Do sono mais profundo despertou
Viajando por entre mares

Insistência, persistência
Caráter abençoado
Grandes passos e referências
Por um caminho trilhado

Destino?
O começo
O olhar longínquo
A despedida
Que tem seu preço.

Esquecimento

a1
Eu ainda não consigo entender o porquê eu ainda continuo me importando. Eu devia ter te superado a um tempo… Precisamente a 2 anos? Porque o tempo todo você continua ocupando meus pensamentos bem aleatórios durante os momentos errados? Porque esse poder sobre mim?

Me faz ser tão ingênua quando o assunto é você, e eu odeio ser assim. Eu fico pensando se nós daríamos certo, como seria hoje se estivéssemos um com o outro. Mas eu sei que isso nunca vai acontecer. Porque nós estamos com planejamentos distantes, rumos distantes. Não fomos feito para ser um do outro. Eu já reconheci isso, meu coração não.

Então hoje você me mostrou que um tchau pode doer. Coisa tola, te verei amanhã. Mas você não deu tchau pra mim, simplesmente virou as costas. Grosseiro, estúpido, idiota, bobo, encantador. Você me deixa confusa. Para, agora. Chega, isso me tortura.

Quero ir embora, pra bem longe. Quero mudar meus hábitos, meu cabelo, meu quarto, alguns amigos, meu estilo… Meus pensamentos.

Dessa vez eu quero virar as costas sem dizer adeus, sem olhar para trás, convencida do que fiz foi certo. Mas isso não está, não estava. Como pode ser no futuro?
Dizem que o tempo conserta tudo. E eu estou com medo do modo como isso pode ser concertado.

Me deixe sozinha, me deixe ir.

Me deixe ser quem eu realmente sou, esses sonhos inocentes e ingênuos não são pra mim.

Você me prende, ele me libertou, mas com a mente mais bagunçada.
Dizem que se foi assim, então era pra ser.
Então se é para partir, então eu vou.

Querida amiga,

a4

Eu sei que sonhar é difícil, você está sentindo. Mas isso é essencial para todos nós, para vermos que sonhar tem que ser assim mesmo… Até porque vivemos sonhando. Seja consciente ou inconscientemente. E o segundo é o pior jeito.

É um dos que mais corre riscos de ”errar”, esse é o que muito confundem com querer. Sim, é muito parecido com o verbo querer, mas não é a mesma coisa. Querer não é intenso, não é profundo, não é mágico.. Você não sente isso.

Querer você simplesmente compra e pronto, satisfez a sua vontade. E quando a gente sonha, quando realizado – ou melhor, realizando – você sente o seu coração querendo sair pela boca, você se sente cem por centro feliz, querendo pra sempre estar vivenciando aquele momento, que ele congelasse e nunca mais mudasse. Você quer sentir isso? Sonhe.

Não desista, não mostre essa moça fraca que nós, todos nós, sabemos que você é bem o contrário disso. Você é forte. E isso surpreende a todos, porque isso mostra que além de forte, você pode fazer. Fazer o que quiser… Não interessa a ninguém, só mostra que você pode.

Surgiu barreiras? Eu quero que você use essa força nesse momento. Diga não quando é preciso do não, sim quando é preciso do sim. E vontade. Vontade para dizer sim e sair correndo para fazê-lo.

Se demora? Dias, meses, anos, minha amiga. Pode demorar o tempo que for necessário. Por isso: foco. Foco é a base do sonhos, amiga.

Mantenha foco, mas nunca… Nunca na sua vida, desista do seus sonhos e nunca, mas nunquinha mesmo – prometa pra mim, vai – desista de sonhar.

Para aquele nome especial

 

Eu olho em seus olhos. Tudo que eu vejo é a minha vontade estar com ele a qualquer momento. Dizem que o que eu sinto é amor, mas acho que o que sinto já nem tem nome. Essa palavra parece já não me descrever. É algo mais intenso. É algo indescritível.

Ele é encantador, daqueles que quando a gente lembra, nós ficamos com aquela música mais romântica na cabeça. Eu não hesito de sorrir, porque é tão automático. Ele me faz me sentir maravilhosa até quando eu tô aquela monstra quando acordo, acredita?

Ele é daquelas pessoas que mesmo tendo um dia ruim, faz você sorrir, te chama de linda e fala que te ama o quanto é preciso.

Sei lá, sabe o que é perfeição? Eu sei, ninguém é perfeito, mas ele é com todos os seus defeitos. Defeitos que o completam por inteiro. É um jeitinho único. Ah, meu deus, te contei do jeito dele? Gosta de fazer caretas durante as fotos, ama gatos. Quando ele tá concentrado, ele fica totalmente sério, as vezes até mexe as sobrancelhas. Tem sempre um jeito certo, e quando ele fala sobre as coisas que sabe, explicando, nem percebe como fica muito lindo e as vezes “maior”. Confesso que é até sexy. É cada conversa… História, religião, filmes, direitos, os jogos que quase nunca entendo. Ah é, ele tem uma paciência incrível pra me ensinar a jogar todos eles. Eu lembro de sua risada quando eu bati um carro em menos de 5 minutos no GTA V. Admito, foi engraçado.

Sabe quando você sente que encontrou o homem da sua vida? Esse momento chegou pra mim. Foi quando eu estava entre os braços dele, protetores e quentinho. Entre eles, eu sinto que nada pode me afetar, de verdade. Sinto aquele é o meu lugar, sempre foi.

Acredita que amor a primeira vista? Senão… Eu ainda não sei descrever então o que aconteceu quando eu o vi. Só sei que meus olhos não saíam dos dele. Eu estava num dia totalmente errado. E mesmo assim o homem que mais amo hoje resolveu aparecer pra mim naquele dia.

Aquele homem, é o homem que quero passar meu presente e futuro.

Tô com tanta saudade daquela voz, do cabelo bagunçado, do carinho dele, do olhar dele…

Tô com saudade dele.
Então Char, você acha que ainda é amor ou já passou do ponto?

De uma forma que tenta desviar, mas não consegue. São hipnotizadores. Pretos de uma forma misteriosa, que esconde um mundo onde ninguém consegue explorar até o fim. Existe nesse mundo um cara errado, tão errado mas poeticamente de uma forma boa, de uma forma certa.
É aquele cara que você tenta desviar, mas não consegue. Tenta se afastar, mas ele te hipnotiza. Se se afastar for o feito, não se esquecerá de tal existência. Muitos menos dos olhos pretos.

Por aquelas singularidades

tumblr texto

Tem aqueles dias nublados que só o que queremos fazer ao abrir os olhos na cama é ficar lá. Deitado, olhando o céu e a chuva.

Pequenas singularidades.

Por aquelas singularidades com quem me apaixonei.

Me lembro tão perfeitamente do nosso primeiro beijo. Na varanda, naquele mesmo tipo de chuva. Você disse que eu tinha olhos lindos e que amava cada um, singularmente porém do mesmo jeito.

Eu via aquelas cenas pela minha janela, deitava na minha cama, olhando o céu,a chuva.
Pequenas singularidades.

Singularidades que significavam muito para mim.